sábado, 20 de abril de 2013

Sementes de Girassol



As sementes de girassol provêm do girassol, uma flor com pétalas amarelo-vivo com as sementes cravadas no seu centro. O girassol produz sementes verde-acizentadas ou pretas, envolvidas em cascas cinzentas ou pretas em forma de lágrima que por vezes surgem com riscas pretas e brancas. Estas sementes concentram uma elevada quantidade de proteínas vegetais, hidratos de carbono, ácidos gordos monoinsaturados, magnésio, fibras e de vitaminas A, E, D e do complexo B. As sementes descascadas têm um suave sabor a noz e uma textura firme mas tenra e são uma das principais fontes usadas para fabricar o óleo de girassol.

O consumo de sementes de girassol ajuda em situações de fome, no controlo da tensão pré-menstrual, favorece a recuperação de processos inflamatórios, auxilia na mobilização do ferro para a síntese de hemoglobina e de adrenalina e na formação dos tecidos conjuntivos. A ingestão deve ser de uma colher de sobremesa por dia, valor recomendado para um adulto; esta quantidade é o ideal para usufruir dos seus benefícios. No entanto, é conveniente ter um acompanhamento nutricional.

Cada 100g tem 584 calorias.

Fonte natural de proteínas, fibra, vitaminas e ácidos gordos monoinsaturados, as sementes de girassol são um excelente energético.

NOTA: É aconselhável a consulta de um médico ou nutricionista sempre que tiver dúvidas sobre o consumo deste produto.

Ingredientes: Sementes de Girassol sem casca.
pode conter vestígios de soja, glúten, frutos de casca rija, amendoim, sésamo e dióxido de enxofre.

Fonte: salutem.pt

4 comentários:

  1. Olá Ana Maria! Comprei recentemente sementes de girassol para misturar no iogurte (faz bem ao cabelo) e também acho que devo ter semeado alguma, numa mistura de sementes que semeei recentemente ;)
    Beijinhos, bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Madalena.
      Gosto bastante.
      Um beijinho

      Eliminar

Agradeço a sua visita e participação.